MP-BA e PM atacam facção responsável por lavagem milionária em Salvador

Operação conjunta visa desmantelar rede de lavagem de dinheiro do tráfico, com bloqueio de bens e cumprimento de mandados de busca.

Na manhã de terça-feira, uma grande operação denominada “Lideranças” foi desencadeada em Salvador, Bahia, tendo como alvo principal uma facção criminosa acusada de lavar até R$ 3 milhões por mês provenientes do tráfico de drogas. A operação foi uma ação coordenada do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), através do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), com o apoio fundamental da Polícia Militar.

Durante a operação, a Justiça autorizou o bloqueio de bens dos suspeitos no valor de R$ 6 milhões. Esta medida reflete o montante até agora rastreado nas chamadas contas correntes de passagem, utilizadas no esquema de lavagem de capitais. Mandados de busca e apreensão foram executados em residências de indivíduos ligados à organização, identificados como integrantes da facção “Bonde do Ajeita”. Entre os investigados estão Fábio e Boca Mole, este último já detido anteriormente no estado do Ceará.

Nas residências vasculhadas, as autoridades apreenderam documentos de identidade em branco, certificados de registro de veículo (CRV), talões de cheque e cartões de crédito. A operação também cumpriu mandados de prisão preventiva contra dois condenados anteriormente por uma série de crimes, incluindo tráfico de drogas, associação criminosa, falsificação de documentos, homicídios e roubos a banco.

A Orcrim, como é chamada a organização criminosa, tem influência significativa nas regiões de Santa Luzia e no Complexo de São Caetano em Salvador, estando envolvida em uma violenta disputa pelo controle do comércio de entorpecentes com outra facção. As ações não se limitaram apenas à capital baiana; no fim de semana anterior, líderes da mesma facção foram alvo de operações em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana, onde foram cumpridos novos mandados de prisão preventiva.

A Operação Lideranças representa um passo significativo no combate às atividades criminosas que alimentam o ciclo de violência e corrupção em Salvador e região. As autoridades permanecem vigilantes e em pronta resposta à crescente complexidade das organizações criminosas.

google newa
+

Relacionadas