Investimentos Federais beneficiam cidades da Bahia, mas Mata de São João fica de fora

Governo Federal anuncia aporte de R$800 milhões em habitação e educação na Bahia, mas exclui Mata de São João de novos projetos.

Em um evento recente na Arena Fonte Nova em Salvador, o governo do estado da Bahia, com o apoio do governo federal, anunciou um grande plano de investimento habitacional e educacional. Mais de R$ 800 milhões serão destinados à construção de 5.715 novas unidades habitacionais pelo programa Minha Casa Minha Vida, beneficiando várias cidades da região metropolitana, incluindo Camaçari, Dias d’Ávila, Simões Filho e a própria capital, Salvador.

Contudo, a cidade de Mata de São João, conhecida por suas carências em infraestrutura e habitação social, foi notavelmente excluída da lista de cidades beneficiadas. Esta exclusão gerou surpresa e preocupação entre os residentes locais, que ainda enfrentam desafios significativos de moradia, particularmente em áreas de risco e onde falta infraestrutura básica como água, eletricidade e esgotamento sanitário.

Além da habitação, o governo também anunciou investimentos substanciais em outras áreas essenciais. Foram destinados R$2,8 bilhões para Feira de Santana e três novas policlínicas serão construídas em Camaçari, Remanso e Itapetinga, totalizando R$90 milhões. Ademais, a cultura também recebeu um impulso com o anúncio de R$50 milhões para o novo PAC que beneficiará a capital e outras cidades históricas.

Na educação, foram prometidos R$25 milhões para a construção de novos Institutos Federais de Educação em várias cidades, incluindo Itabuna, Macaúbas e Salvador, além de novas escolas em tempo integral e creches por toda a Bahia.

A notícia dos investimentos foi bem recebida nas cidades contempladas, mas a exclusão de Mata de São João levanta questões sobre a distribuição de recursos e o planejamento estratégico do governo. Enquanto algumas localidades celebram os avanços, outras, como Mata de São João, ainda aguardam por ações que atendam às suas necessidades urgentes.

google newa
+

Relacionadas